Diretoria em Foco

Uma mensagem de positividade e agradecimento.

Na década de 1960, o ex-Beatle Paul McCartney estava passando por momentos difíceis. Os quatro garotos de Liverpool não se entendiam mais quando Paul sonhou com sua já falecida mãe, Mary Patricia. No sonho, Mary tranquilizava Paul com uma mensagem de positividade: “Vai ficar tudo bem, só deixe estar”. Ao acordar, extremamente tocado pelo sonho, o músico foi para o piano e compôs Let it be (“Deixe estar”, em português), que viria a ser o último single dos Beatles. 

Em 2013, o jornal Daily Mail publicou uma entrevista com o músico, que na ocasião revelou que as palavras de sua mãe melhoraram sua vida – mas não só isso: “Ao colocá-las em uma música e gravá-las com os Beatles, tornaram-se uma declaração reconfortante e curadora para outras pessoas também”. E foi pensando em ajudar aqueles que mais precisam que a Diretoria Executiva da AFPESP promoveu uma campanha de solidariedade durante abril e maio. A hashtag #UnidosUmPeloOutro espalhou boas notícias pelas redes sociais e levantou mais de 100 mil reais até o fechamento desta edição. E eu quero que você, associado ou associada, que está lendo a Folha do Servidor Público neste momento e teve esse gesto de amor doando alguma quantia, receba minha eterna gratidão. Com sua ajuda, pudemos auxiliar profissionais informais que de‑ pendem do turismo nas cidades onde estão localizadas nossas unidades de lazer, profissionais de saúde que trabalham em hospitais dos servidores públicos estaduais e municipais e moradores de rua.

Quero expressar, ainda, meu profundo agradecimento a todos os associados da AFPESP também pela compreensão e pelo apoio dado durante os dias em que as atividades e os serviços de nossa entidade estão suspensos por motivos de força maior.

Esta edição da Folha do Servidor Público não terá versão impressa a fim de contribuir para a não propagação do novo coronavírus, já que dessa forma, eliminamos o manuseio de papel e outros insumos, além da operação logística com os Correios.

Por fim, mas não menos importante, deixo minha homenagem aos profissionais de saúde que têm cuidado da população nestes tempos de pandemia (veja tirinha na página 18). Assim como Mary – que foi encarregada da enfermaria da maternidade onde nasceu Paul e mais tarde trabalhou como parteira domiciliar –, vocês são nossos verdadeiros heróis e heroínas. Muito obrigado e "let it be".
 

Álvaro Gradim
Presidente da AFPESP