Preços de imóveis em baixa e demanda por opções de turismo sustentam investimentos da AFPESP em 2019

Mesmo em um ano de baixo crescimento econômico, a Associação dos Funcionários Públicos do Estado de São Paulo (AFPESP) registrou, em 2019, alta taxa média de ocupação das suas Unidades de Lazer. O resultado confirma estudo realizado pelo Euromonitor International, consultoria global de pesquisa e inteligência estratégica, que revelou, em fevereiro de 2019, que o principal desejo dos consumidores de todo o mundo seria viajar.

“Notamos que o mercado do turismo tem crescido nos últimos anos. Por isso, a associação ampliou investimentos em reformas e compras de terrenos e hotéis para a construção de novas Unidades de Lazer”, destaca Álvaro Gradim, presidente da AFPESP. As Unidades são equivalentes a estabelecimentos de três a quatro estrelas e a maioria dispõe de pensão completa, que é um diferencial para os associados, com custo x benefício melhores do que os praticados pelo mercado hoteleiro comum.

Com os preços dos imóveis em queda e boas oportunidades de compra no mercado imobiliário, o movimento da associação contribui para estimular o mercado e gerar emprego e renda para diversas regiões dos estados de São Paulo e Minas Gerais. Por exemplo, a AFPESP adquiriu duas unidades em Peruíbe, Litoral Sul de São Paulo: a primeira, com 38 acomodações, teve obras finalizadas em 2019, e a segunda, localizada em ponto privilegiado da cidade, foi adquirida a partir de negociação com a Associação dos Servidores do Departamento de Águas e Energia Elétrica (ADAEE) e deverá ser inaugurada no início de 2020. 

Outra unidade que recebeu grandes reformas foi Amparo, entregue em novembro completamente reformada e ampliada. Por lá, são 84 apartamentos, piscinas, academia ao ar livre, brinquedoteca, campo de futebol, recreação, salão de jogos, sala de carteado e de TV.

“Também apostamos em adquirir uma excelente estrutura de hotel no interior de Minas Gerais, em São Lourenço, realizando parte do pagamento com um imóvel da entidade, no Centro de São Paulo, que estava fechado e para o qual não havia planos de utilização”, diz Gradim. Na unidade do município mineiro, são 91 acomodações e o espaço é o primeiro pet friendly da AFPESP, ou seja, que pode receber animais de estimação de pequeno porte.

Para oferecer comodidade e bem-estar aos associados turistas da entidade, a AFPESP fechou parceria com a Oracle Hospitality, uma gigantesca plataforma integrada de gestão, mudou horários de check-in e check-out, investiu na melhoria e construção de estações de tratamento de água e esgoto nas Unidades de Lazer, dentre outras ações. “Esperamos que 2020 seja muito próspero para este mercado. Acreditamos que, quanto mais avançarmos nas estruturas, mais conseguimos oferecer conforto aos servidores associados e, como consequência, aumentamos e estimulamos o turismo, movimentando as economias regionais”, finaliza Dr. Gradim.