Entidades de Servidores Públicos se reúnem para discutir a PEC 6/19

No evento, ocorreu também a discussão sobre o lançamento da “Frente Paulista em Defesa da Previdência Social”

Na sexta-feira, 22 de fevereiro, cerca de 40 entidades de servidores públicos se reuniram na sede da Fespesp, em São Paulo, para, juntas, chegarem a um ponto comum em relação à ‘Nova Reforma da Previdência’ que traz, em seu texto, regras “inconstitucionais”.

A AFPESP se coloca ao lado do servidor público em sua luta, que sempre é visto como o vilão da história. Atualmente, o servidor já tem um desconto em folha de pagamento de 11%/14% que passará para até 22%, e em alguns casos, somando-se o imposto de renda, chegará a 40%.