Cadeira de Artes

01 -

02 - EUFRAZIA DE ANDRADE FREGONESI

Cadeira: 2
Patrono: Candido Portinari

Formada em Pedagogia pela Faculdade de Filosofia, Ciências e Letras “Carlos Queiroz”, de Santa Cruz do Rio Pardo (SP), e em Direito, pela Faculdade Estadual de Direito do Norte Pioneiro, de Jacarezinho (PR). Iniciou suas atividades artísticas em Ourinhos, com participações em muitas exposições coletivas e individuais. Representou a cidade de Ourinhos no Mapa Cultural Paulista, em 2005, até a fase final em São Paulo. Faz parte do Anuário Art Gallery in Brazil, de 2010, membro do Centro Campineiro de Artes Folclóricas e da Academia Campineira de Letras, Ciências e Artes das Forças Armadas. Seus trabalhos são realizados em óleo, acrílico e aquarela.

e-mail: Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.

03 - IVETE CASSIANI FUREGATTI

Cadeira: 3
Patrono: BIDU SAYÃO

BACHAREL EM CIÊNCIAS JURÍDICAS / PIANISTA / ARTISTA PLÁSTICA
Ivete Cassiani Furegatti tem longa vivência na área jurídica, com participações em importantes cursos, seminários e simpósios de universidades como a UNICAMP. No funcionalismo público é servidora aposentada do Ministério do Trabalho e Emprego, onde exerceu cargos de carreira e de confiança. Aposentada como Auditora Fiscal do Trabalho, foi Subdelegada do Trabalho em Campinas por dez anos. Participa ativamente de Sindicatos e Associações que abrangem a sua categoria e as demais do funcionalismo público. Ivete Furegatti formou-se em Direito na Pontifícia Universidade Católica de Campinas, com diversos cursos em direito do trabalho e técnicas de  negociação Foi  membro da Comissão Nacional em Educação para o Trabalho. É membro da Academia Campineira de Letras, Ciências e Artes das Forças Armadas, onde ocupa a cadeira nº 7, patrono José Pancetti.
As Artes são ciências de seu conhecimento, sendo destacada pianista formada pelo Conservatório Musical Carlos Gomes. Tem medalhas de Ouro do X Salão de Artes Plásticas  do Clube Semanal de Cultura Artística de Campinas , do  VII Salão Nacional de Artes Plásticas da república Federativa do Brasil , do II Salão Nacional de  Artes Plásticas Internacional da Mulher e XXXIII Salão Nacional de Artes Plásticas Alberto Santos Dumont , bem como recebeu o Troféu Clodomiro Amazonas no II Salão Nacional de Artes Plásticas (pelo conjunto das obras) Expôs em várias galerias e na Academia Campinense de Letras e participou de  diversos Encontros Culturais . Fez parte do corpo de artistas do XII Sindicon Artes e do VII Salão de Belas Artes (Serra Negra). Outro trabalho destacado foi apresentado na Exposição Caminhos do Brasil, da Escola Preparatória de Cadetes. Desde 2004 expõe trabalhos no Atelier Francelino Rodrigues. Ivete Furegatti é um expoente das artes no Estado de São Paulo, aliando seus conhecimentos musicais e diversas técnicas artísticas que enobrecem o resultado do seu trabalho.

 

e-mail: Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.

04 -

e-mail: Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo. / Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.

 

05 - NIZA DE CASTRO TANK

Cadeira: 5
Patrono: CARLOS GOMES

CANTORA LÍRICA
O jornalista Eduardo Gregori, da Revista Metrópole define: “A soprano Niza de Castro Tank é, sim, uma diva. Mas não deixou a brilhante carreira de mais 50 anos ofuscar a imagem de mulher do Interior, que adora sua casa, seus animais e faz questão de servir um cafezinho às visitas, gentileza desfrutada pela equipe da Metrópole. A história da música erudita no Brasil certamente seria mais pobre se Niza não existisse. Natural de Limeira, mas campineira de coração, é uma colecionadora de prêmios. Entre os mais recentes está o Troféu Guarany, que recebeu em 2006 em reconhecimento ao seu trabalho junto a obra de Carlos Gomes”. (“A diva em seu refúgio”, 4/3/2007, Revista Metrópole, Eduardo Gregori)
A cantora lírica Niza de Castro Tank coleciona comentários elogiosos do seu trabalho. Todos são resultados de anos de dedicação à música e ao ensino da música. Doutora em Artes pela Unicamp, tem licenciaturas em Educação Artística e Pedagogia. Na área da música, seu histórico é surpreendente. Tem Curso de Canto Orfeônico (PUC/Campinas), Piano no Conservatório Musical Dr. Gomes Cardim; Canto no Conservatório Musical de Campinas e ainda fez na Itália o curso de Canto e Arte Cênica. 
Foi cantora profissional da Rádio Gazeta e cantora lírica das temporadas Oficiais do Teatro Municipal. Seu reconhecimento é nacional: inaugurou o Teatro Palácio das Artes, Belo Horizonte (MG) e o Memorial JK, Brasília. Em São Paulo também inaugurou o Teatro Castro Mendes e a super prestigiada Sala São Paulo.
Entre seus trabalhos de maior conhecimento do público estão a homenagem ao Centenário da morte de Carlos Gomes, na montagem da “Noite do Castelo”.
Participou de tournés em Montevidéu (Uruguai), Moscou, Leningrado e Kiev (Rússia) e em cidades da Alemanha e Itália. Tem várias óperas completas gravadas em LPs e CDs. São tantos trabalhos de sucesso em sua carreira, que em Campinas inaugurou a “Sala Niza Tank”, como um tributo ao seu trabalho. Vale ainda ressaltar sua participação em solenidades oficiais do Governo Federal, como o encerramento da Semana da Pátria (19NN), concertos da Orquestra Sinfônica da Petrobrás. 
Niza Tank tem sido muito prestigiada como uma das sopranos mais perfeitas do Brasil e do Mundo. Além de sua dedicação a música, escreve artigos na Revista da Academia Campineira de Artes.


e-mail: Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.

06 -

07 - SALVADOR ROBERTI ARCURI

Cadeira: 7
Patrono: ALMEIDA JÚNIOR

AUDITORIA
Em 29/04/1977 – Aprovado em concurso público e admitido, com lotação no Ministério da Saúde (Ex INAMPS).- Auditoria Regional em São Paulo (DIAUD-SP).
Local: Av. Nove de Julho, 611 – 6 º and.
Funções exercidas: Técnico em Administração; Encarregado de Análise; Chefe de Equipe.
Matricula SIAPE: 0600534.
Certificados de alguns cursos e participações na área de auditoria dentro do Ministério da Saúde:
17/11/98 - Curso de Auditoria na Gestão do Sistema Municipal de Saúde.
14/10/98 - Cursos “Construção da Prática para Cumprir a Lei”
26/11/99 - Treinamento dos Técnicos da Divisão de Auditoria do Sistema Nacional de Auditoria no Estado de São Paulo.
07/06/2001 – Elaboração de Pareceres e Relatórios Técnicos I e II.
09/2002 – Seminário de Aperfeiçoamento e Aprendizado dos Auditores do SUS.- SP.
02/2004 – Curso de Informação de Interesse da Auditoria.
11/2005 – Curso de Gestão de Equipes para Resultado.
Certificados de conclusão universitária:
03/05/1971 – Certificado de Conclusão na Pontifícia Universidade Católica de S. Paulo – Escola superior de Administração de Negócios – em Bacharel em Administração de Empresas conferida em 10/03/1971.
03/04/1977 – Certificado de Conclusão em 1976 do Curso de Ciências Contábeis na Faculdade de Administração e Ciências Contábeis “Tibiriçá”.
06/05/1989 - Certificado de Conclusão do Curso de Saúde Pública da UNAERP (Associação de Ensino de Ribeirão Preto).
Atividade exercida: Efetuar auditorias “in-loco” por indicação do Poder Público através de denúncias e outras, aos municípios que recebem verba mensal do SUS – Sistema Único de Saúde/ Ministério da Saúde para aplicação nos serviços básicos de saúde e de média e alta complexidade ambulatorial e hospitalar, e comprovação da correspondente contrapartida municipal.
As atividades são realizadas por uma equipe de profissionais, composta conforme o caso, por: contador, administrador, agente administrativo, auxiliar de enfermagem, enfermeira e médico.
Cada grupo vai trabalhar em sua área específica: contábil, médica ou de enfermagem.
ESCOLA BELAS ARTES 
Sempre um dedicado aluno de pintura e amante das artes, em paralelo ao funcionalismo está sendo destaque em vários Salões e  Oficinas de Artes. 
Fez curso de Desenho na Escola Cândido Portinari, aprendeu técnica em cores e aquarela na Associação Paulista de Belas Artes. Ainda fez curso de desenho livre e pintura na Escola Pintura Universo. No MASP, integrou ao seu currículo os conhecimentos do curso “Novos Ícones da Arte do Século XXI”. 
Tem medalha de bronze da UNAP. Participação no XI Salão Nacional de Pintura e Desenho – Almeida Junior. Salvador Arcuri, em suas obras, utiliza técnicas conhecidas e pesquisa novas composições, o que faz um pintor diferenciado.
 

e-mail: Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo. / Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.

 

08 - VITÓRIA OLIVA PERRICCI

Cadeira: 8
Patrono: ELIS REGINA

BACHAREL EM ARTES PLÁSTICAS 
Vitória Oliva Perricci, arte-educadora, montou seu ateliê em 1986 e tem larga experiência com as mais variadas técnicas decorativas e de artesanato, e é especialista em utilizar materiais inusitados para obter resultados surpreendentes em trabalhos que vão de pinturas especiais em paredes, pintura artística em tela e pintura decorativa em peças de madeira, cerâmica e porcelanas. 
Atualmente ministra aulas para a Corfix na Casa da Arte (Mooca), além de ser professora de Educação Artística do Colégio Eduardo Gomes e Colégio Sagrada Família, ambos em São Caetano do Sul. Participa de eventos artísticos, ministra aulas em programas de TV e publicações da área. Vale destacar a divulgação de Técnicas de Artes nas emissoras: Globo, CNT e Rede Mulher.
Faz parte do seleto grupo de renomados cenógrafos teatrais de São Paulo, com participação em importantes montagens. Já realizou exposição individual de trabalhos de Oficinas de Aquarela. Também integrou a I Vitrine de Arte – Mostra Coletiva de Artistas de São Caetano do Sul. Faz trabalhos em óleo e acrílica, aquarela e xilogravura. Sua participação na Mostra Coletiva de Graduação – Espaço Cultural FATEA, Santo André (SP) lhe abriu mais oportunidades no mundo das artes. Vitória, conhecida como Vicky usa seu talento para educar, repassando aos alunos sua experiência, vivência e técnica.

 

e-mail:  Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.

 

09 -

10 - ANTONIETTA TORDINO

Cadeira: 10
Patrono: CHIQUINHA GONZAGA

ARTISTA PLÁSTICA / PINTORA / CERAMISTA
Especialista em História da Arte e formada em Artes Plásticas pela Faculdade Santa Marcelina.  Docente titular de Cerâmica e Materiais Expressivos e Técnicas de Utilização, na UNISANTA (Santos/SP).  É membro da Comissão de Artes Plásticas da Secretaria Estadual de Cultura de São Paulo, do Conselho Municipal de Cultura de São Paulo e do Conselho de Entidades de Cultura. Além das atribuições citadas também é vice-presidente da Câmara Indústria Comércio Turismo Brasil-México, presidente do Sindicato Nacional dos Artistas Plásticos e Comitê Nacional Brasileiro da Associação Internacional de Artes Plásticas/ Unesco. Paulistana amante da arte iniciou seus estudos de desenho e pintura com o Professor Humberto Rosa. 
Faz parte da Associação Internacional de Artes Plásticas, tem certificação de Instrutora Internacional de Cerâmica, pela Fundação Condorhuasi (Buenos Aires/Argentina). Na escultura e cerâmica foi aluna do Professor José Cucé. A Arte Popular Brasileira aprofundou seus conhecimentos através do Professor Rossini Tavares de Lima. Eleita Coordenadora Geral da Região da América Latina e Caribe–Heifei/ China, em 2005. 
É Conselheira eleita da Associação Brasileira de Cerâmica, desde 2004 e Diretora da Federação dos Amigos dos Museus do Brasil desde 2003. Participou de diversas exposições nacionais e internacionais e alcançou vários prêmios e Salas Especiais. 
Possui, também, trabalhos em importantes Museus. O crítico de arte Fábio Magalhães, diretor Presidente do Memorial da América Latina (1997) define: "a pintura de Antonietta Tordino demonstra uma técnica refinada, permeada de pinceladas sutis..."


e-mail: Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.

11 - ANTONIO NICOLA GENTIL

Cadeira: 11
Patrono: ANTONIO CARLOS JOBIM

PROFESSOR SECUNDÁRIO DE NÍVEL SUPERIOR / MATEMÁTICA
Professor Antonio Nicola, com formação em Pedagogia, com habilitação em Administração Escolar e Magistério das matérias pedagógicas do 1º e 2º graus. Tem licenciatura em Ciências Físicas, Biológicas e Matemática. Pós-graduado em Didática. Docente concursado na Cadeira de Matemática da Escola Estadual “Prof. Euclides Moreira da Silva” (Bariri/SP) também atua em escolas particulares como diretor e professor. 
Sua carreira no magistério desenvolveu sua consciência social e política, que o fez vereador na cidade de Itápolis e suplente de deputado estadual. Além disso, fundou Escola Técnica de Comércio (Itápolis) e o Rotary Clube Internacional (Bariri); eleito Presidente, por dois mandatos, do Umuarama Clube de Campo (Bariri). 
Entre suas atividades ainda destacamos a especialização nas artes artesanais em madeira, cerâmica e ferro, sendo inclusive credenciado como artesão pela SUTACO. Participou de feiras artesanais em São Paulo, São José do Rio Preto, São Carlos, Itápolis, Ibitinga, Barra Bonita, Pederneiras, Jaú, Bauru e Bariri. Forneceu ao SEBRAE mais de cem peças artesanais e tem Publicações na “Revista Destaque” e Jornal “O Farol”.

 

 e-mail: Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.

12 - DUXTEI VINHAS ITAVO

Cadeira: 12
Patrono: CACILDA BECKER

ARTISTA PLÁSTICA E PROFESSORA
Duxtei Vinhas Itavo é licenciada em história, professora de história e  educadora há três décadas. Cidadã de destaque em Araçatuba, por sua participação em eventos e atividades sócio-culturais. Cursou desenho e pintura na UNA (Universidade Aberta da Terceira Idade de Araçatuba) e é autodidata na experimentação de tintas e materiais.   Doou ao Museu da Viola Caipira "Tião Carreiro" (Araçatuba), a tela "Tributo a Tião Carreiro" de sua autoria, que é uma das obras especiais da instituição. 
A jornalista Ágatha Urzedo define que “a expressão facial, corporal e o brilho que naturaliza o olhar das figuras retratadas nas telas são a marca registrada de Duxtei”.
Como professora ainda possui outras licenciaturas como Filosofia, Ciências e Letras (Toledo e Lins); Geografia (Bauru) e Pedagogia (Andradina).
Foi Delegada Regional da Cultura, Secretaria do Estado da Cultura do Estado de São Paulo-Araçatuba e Chefe de Divisão de Administração e Ação Social – Prefeitura de Araçatuba.
Na área da pedagogia destacamos sua atuação como professora de História da Arte, História Moderna e Contemporânea, Estudos Sociais, Economia e História Econômica. Tem participação em diversos concursos, como organizadora e também concorrente, além de escrever artigos nas revistas “Outros Olhares” e “Raçatub com Arte”.

 

e-mail: Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.

13 - EMERSON SOUSA ZALOTTI

Cadeira: 13
Patrono: HEITOR VILLA LOBOS

ARTISTA PLÁSTICO / PROFESSOR DE ARTES / POETA / ESTILISTA / DESIGNER / DECORADOR / PRODUTOR DE EVENTOS ARTÍSTICOS
Emerson Zalotti, pseudônimo artístico de Emerson Sousa Zalotti, nasceu em Andradina, interior de São Paulo em 1972. Graduou-se em Licenciatura Plena e Bacharelado com Habilitação em Artes Plásticas, pela Universidade Federal de Uberlândia, MG (1997). Sempre foi um aluno dedicado e um filho exemplar, já desde cedo manifestando seu dom artístico, onde foi premiado na Rede Globo TV em um concurso de Estilismo aos 14 anos de idade. Considerado um Artista Eclético tem ampla experiência em Xilogravura, Serigrafia, Monotipia e Gravura em Metal, além de se dedicar também em Pintura em Tela e Escultura. Adora redigir poemas e já participou de alguns Eventos Literários como o próprio recinto da Academia de Letras, Ciências e Artes da AFPESP e o Clube Círculo Militar de Campinas. Participou a convite da USP no Seminário de Educação onde palestrou sobre “Experiências de Sucesso e Qualidade de Ensino de Artes na Escola Estadual Professora Marina Cintra”, onde leciona até hoje. Organizou Festivais de Artes em Escolas Públicas de São Paulo, e representou a Secretaria da Educação em Congressos e Fóruns de Artes por diversas vezes. Exerceu a função de Assistente Técnico Pedagógico em Artes na Diretoria de Ensino na Rede Estadual. Foi Monitor no Departamento de Artes Plásticas em Mixed-Média na Universidade Federal de Uberlândia e na época ficou em 2º lugar em Concurso Público para lecionar na mesma Faculdade.Existem vários artigos publicados por críticos de artes renomados e conceituados como o Jornalista e Crítico de Arte Internacional da AICA Oscar D´Ambrosio e o Crítico de Arte, Diretor e Presidente da Bienal Internacional de Florença o Senhor Emanuel von Lauenstein Massarani que comentou sobre Emerson Zalotti: “A pesquisa é feita para transmitir diálogos e acontecimentos paradoxais da vida hodierna. Através de vultos caricaturais realizados por um grafismo inspirado na liberação desempenhada e sincera do viver, o jovem artista fantasia e desenha apoiando-se sobre um cromatismo próximo a Pop Art de um Pollock e de um Mark Tobey”. O jovem artista promissor tem três obras no Acervo Permanente no Museu de Arte Contemporânea (MAM) – Ibirapuera - São Paulo. Participou de diversas exposições individuais como na Aliança Francesa-Santos, Centro Cultural Brasil - Estados Unidos, Galeria Santista, Espaço Cultural V Centenário - Assembléia Legislativa de São Paulo (2005). Possui obras em coleções particulares de Minas Gerais, Alemanha, Florença, Japão e São Paulo e no Acervo do Museu de Arte do Parlamento de São Paulo.

 

e-mail: Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo. / www.zalotti.blgspot.com

site: www.zalotti.blspot.com

14 - GENÍ FUZATO DAGNONI

Cadeira: 14
Patrono: BENEDITO CALISTO

PROFESSORA Desenhista / POETA E ARTISTA PLÁSTICA
Geni Fuzato Dagnoni é professora Pós-Graduada com Licenciatura Plena pelo Instituto de Educação “Cel. Joaquim Ribeiro” (Rio Claro/SP). Formada no Colégio Puríssimo Coração de Maria também em Rio Claro, tornou-se artista de destaque através dos seus trabalhos como poetisa e artista plástica. Integra três academias literárias, tem centenas de trabalhos publicados em coletâneas. 
Foi regente de coral por 10 anos, em Escolas Públicas de Rio Claro; Acadêmica pela Academia de Letras “Menotti Del Picchia” (Itapira/SP); Autora do livro “Vagando em Versos” (Editora Komedi/1998); Medalha “Carlos Gomes” conferida pela Câmara Funcional de Campinas; Membro do Centro de Poesia e Arte de Campinas; Vice-Presidente da Casa do Poeta – Campinas; Membro dos Clubes dos “Poetas de Campinas” e “Vinte e Um Irmãos Amigos”. 
Sempre atuou como jurada em diversas comissões formadas em clubes e entidades de Campinas e região nas áreas de Arte e Poesia. Expôs em galerias, Escola Preparatória de Cadetes, Círculo Militar, Academia Campinense de Letras, Encontro Cultural Brasil-Chile, Cultura Artística Concórdia, Tribunal Regional do Trabalho, Clube Andorinhas e no Centro das Indústrias do Estado de São Paulo (Regional de Campinas).
Recebeu troféu do Círculo Militar de Campinas “Brasil-Portugal” pelo destaque de seus trabalhos.

 

e-mail: Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.

15 - JANETHE AKIKO NAKAMURA MONTEIRO

Cadeira: 15
Patrono: TARSILA DO AMARAL

BACHAREL EM EDUCAÇÃO ARTÍSTICA / ARTES PLÁSTICAS
A Acadêmica Janethe Akiko Nakamura Monteiro é Bacharela em Educação Artística/Artes Plásticas na Universidade São Judas Tadeu. Trabalha na Divisão de Artes Plásticas, do Acervo da Pinacoteca Municipal da Prefeitura de São Paulo. Neste ambiente de Arte, fundado em 1961, Janethe Monteiro convive diariamente com mais de 1450 pinturas, desenhos e gravuras de artistas como Pancetti, Tarsila do Amaral, Anita Malfatti, Goeldi, Portinari, Volpi, Oswald de Andrade. Além de obras internacionais de  Miró, Renoir, Chagall e Rugendas. Participou da montagem da Exposição de Antônio Alcântara Machado – Literatura como Jornalismo e Pesquisa, como assistência e apoio administrativo. Também é destacada sua atuação profissional na Exposição de Mário de Andrade – Departamento de Cultura: Imaginação e Rigor.  
Para o público da Pinacoteca Municipal, Janethe Monteiro coordenou a Oficina “O Retrato Desenhado”, na qual foram apresentadas as técnicas do grafite, carvão, lápis de cor, pastel oleoso, giz colorido e guache. 
Realiza diversas atividades culturais para o público de várias faixas etárias, todas relacionadas com a disseminação das Artes Plásticas, num processo de Educação pela Arte.
Como artista tem participado de várias mostras e exposições como a de Arte do Grupo Amigos do Ipiranga; de pintura na AFPESP, Salão de Artes Plásticas em Minas Gerais; Salão da Infraero em São Paulo e Memorial do Imigrante.

 

e-mail: Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.

 

16 - ELVIRA STIPPE BASTOS

Cadeira: 16
Patrono: GUIOMAR NOVAES

PROFESSORA / DESENHISTA / DECORADORA
Elvira Stippe Bastos  tem Licenciaturas Plenas em Artes Plásticas (Escola Superior de Artes Santa Marcelina) e em Pedagogia (Faculdade de Filosofia, Ciências e Letras José Olympio). Bacharel em Ciências Físicas e Biológicas (Faculdade de Filosofia, Ciências e Letras “Farias Brito”) e Professora de ensino livre no Departamento de Ensino Profissional em Desenho de Modas e Desenho de Decoração de Interiores.
Atua como desenhista de estamparia exclusiva das empresas: Organdi Paramount, Camilo Nader e Casas Pernambucanas;
Decoradora de interiores em estandes, salões e vitrines, decoradora com flores e festas em diversos clubes da Capital Paulista. 
Foi diretora do Setor Feminino da AFPESP, quando planejou e executou as primeiras mostras de artes plásticas dos servidores públicos associados. Membro da Comissão de Programação Social, Membro do Conselho Deliberativo, Comendatriz agraciada pela Ordem do Mérito dos Servidores Públicos (quando a AFPESP completou 67 anos), Membro da Comissão Técnica no Congresso da Confederação Nacional dos Servidores Públicos e Diretora Social. É Coordenadora de Educação de Cultura da AFPESP. Suas obras foram expostas nos Espaços Expositivos da AFPESP. Além disso, participa ativamente da divulgação e promoção das atividades culturais da Associação. 

 

não tem e-mail

17 - MARLI LUIZA MARTINS STRACIERI

Cadeira: 17
Patrono: ANITA MALFATI

PROFESSORA DE ARTES PLÁSTICAS / PEDAGOGA
Nome artístico: Marli Stracieri
Marli Luiza Martins Stracieri formada em Educação artística com especialização em Desenho e artes plásticas pela PUC - Campinas. Formada em Pedagogia pela Faculdade de Amparo. Formada em Desenho, pintura e História da Arte pela Escola de Desenho Campinas, filiada à Escola de Belas Artes de São Paulo. 
É poeta, escritora, artesã, artista plástica, pedagoga, folclorista, ilustradora de livros e promotora de eventos. Suas obras são conhecidas no Brasil e no exterior.
Em 1998 viajou por oito países da Europa, num roteiro cultural. É fundadora do Centro Campineiro de Artes Folclóricas desde 1994 e Coordenadora de Artes do Centro de Poesia e Arte de Campinas.
Pertence à Casa do Poeta de Campinas. É curadora da Galeria “Lélio Coluccini” da Academia Campinense de Letras. Pertence também, à Academia Campineira de Cetras e Artes; Academia Campineira de Ciências, Letras e Artes das Forças Armadas e Academia Metropolitana de Vinhedo.
Seu lema “Viver pela arte e não da arte”.

 

e-mail: Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.

18 - TADEU VICENTE DE CARVALHO BANDONI

Cadeira: 18
Patrono: ARY BARROSO

PROFESSOR DE ARTES PLÁSTICAS / DESENHISTA
Tadeu Vicente de Carvalho Bandoni tem bacharelado em Educação Artística, como especialização em Artes Plásticas, pela Faculdade Marcelo Tupinambá. É professor de Arte do Projeto Cefam (Governo de São Paulo) e professor titular das Prefeituras de São Paulo e Osasco. É desenhista da equipe áudio-visual da Fundação Bradesco e licenciado no Instituto Embu das Artes. É docente nas áreas de arte-educação (pintura, desenho de retratos, criação de materiais artísticos-lúdicos-pedagógicos e criação artística para WEB e e-learning).
Fez cursos de Comunicação Visual na Escola Panamericana de Artes, Educação a Distância, HTML, Mitologia Greco-Romana, Modelagem, Escultura, Educomunicação e Astrologia.
Tem publicado ilustrações, charges e cartoons e trabalhos reconhecidos na área de design gráfico de publicações independentes e periódicos regionais.

 

 e-mail: Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.

 

19 - THAÍS HELENA COSTA

Cadeira: 19
Patrono: FRANCISCO ALVES

Thais Helena Costa, advogada inscrita na OAB sob nº 94.575,  é Graduada em Direito pela Faculdades Metropolitanas Unidas (FMU)  e  Pós-Graduada em Direito Ambiental pela mesma Instituição, onde exerce função docente. Possui experiência na área administrativa por força das atividades desenvolvidas junto ao Tribunal de Contas do Estado de São Paulo, órgão público para o qual  ingressou pela via do concurso público (1986), tendo aprofundado conhecimentos nesta área por meio de cursos específicos. Outros cursos: Criatividade na Publicidade (Senac); Marketing Cultural (Escola Superior de Propaganda e Marketing- ESPM); Inglês, Espanhol, Administração e Organização de Eventos, Artes Cênicas e Canto. Sua forte ligação com o associativismo é marcada pelos 15 (quinze anos) trabalhados  na Federação dos Trabalhadores das Indústrias de Alimentação do Estado de São Paulo, ou como Diretora de Educação e Cultura da Associação dos Funcionários Públicos do Estado de São Paulo – AFPESP, e Diretora de Imprensa e Divulgação  da Confederação Nacional dos Servidores Públicos- CNSP. Apaixonada pelas artes em geral, é filiada à Sociedade Brasileira de Autores Teatrais – SBAT – em razão de ser co-autora, atriz e intérprete musical da peça “Revolução Constitucionalista de 32: Uma Visão Musical”, espetáculo apresentado em diversas cidades do Estado para servidores públicos, especialmente associados à AFPESP. Mantém inscrição na Ordem dos Músicos do Brasil como cantora do gênero popular, tendo dois discos gravados. É autora de artigos e poemas publicados em periódicos diversos. Atualmente preside o Conselho Deliberativo da AFPESP.

 

e-mail: Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.

20 - ANA MARIA DEL FIORE CASTRO

Cadeira: 20
Patrono: DIAS GOMES

PROFESSORA DE ARTES PLÁSTICAS
A artista plástica Ana Maria Del Fiore Castro tem obras espalhadas em diversos países do continente Europeu, Asiático e nas Américas. 
Formou-se pela Escola Panamericana de Artes, aperfeiçoando em Desenho no Liceu de Artes e Ofícios. Fez muitos outros cursos de técnicas de pinturas, permitindo-lhe receber várias premiações. “Pintora versátil, pinta todos os temas com seriedade, buscando a perfeição em seus quadros”, descrevem os críticos. 
Suas obras figuram entre colecionadores de Portugal, Espanha, França, Alemanha, Japão, Estados Unidos, América do Sul e em todo o Território Nacional. Participa atualmente em vários leilões no país.
Tem obras no acervo de galerias, como “Hortências” (Galeria Campagnone); “Os Barcos” (Clube Espéria) e “Paisagem I” (Fundação Bezerra de Menezes).

  e-mail: aEste endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.